REGRA 4 - EQUIPAMENTOS DOS ATLETAS

DOS JOGADORES:

1- É vedado ao jogador o uso de qualquer objeto reputado pelo árbitro como perigoso ou nocivo à prática do desporto. O árbitro exigirá a remoção de qualquer objeto que, a seu critério, possa molestar ou causar dano ao adversário ou a si próprio. Não poderão usar piercing ou brincos, pulseiras, cordões, colares, anéis etc... Será permitido somente o uso de aliança. Não sendo obedecido em sua determinação, ordenará a expulsão do mesmo.

2- O equipamento dos jogadores compõe-se de camisa de manga curta ou manga comprida; calção curto; meias de cano longo; caneleiras; tênis confeccionados com lona, pelica ou couro macio, com solado e revestimento lateral de borracha ou material similar; ficando terminantemente proibido o uso de camisa sem manga e de sapatos com solado de couro ou pneu, ou que contenham travas. As caneleiras deverão estar completamente cobertas pelas meias e devem ser confeccionadas em material apropriado que ofereça proteção ao jogador (borracha, plástico, poliuretano ou material similar). O capitão da equipe deverá usar uma braçadeira em um dos braços para identificá-lo. Os jogadores poderão usar tornozeleiras de qualquer cor, por dentro ou por fora das meias.

3- Nas costas e na frente das respectivas camisas, obrigatoriamente, será colocada numeração de 1 (um) a 99 (noventa e nove), sendo vedada a repetição de números na mesma equipe. Os números das costas terão o tamanho de 15 (quinze) a 20 (vinte) centímetros de altura e os números de frente terão o tamanho de 8 (oito) a 10 (dez) centímetros de altura. É igualmente obrigatória a diferenciação entre a cor do número e cor da camisa, visando assegurar a identificação pelo árbitro e pelo público. Nos jogos internacionais os números devem ser de 1 (um) a 15 (quinze) nas camisas e nos calções.

4- O goleiro usará uniforme com camisa de cor diferente dos jogadores de linha de ambas as equipes e árbitros, sendo-lhe permitido, com exclusividade, para fins de proteção, o uso de calça de agasalho.

5- O jogador que apresentar na quadra de jogo utilizando sob seu calção, o short térmico, somente poderá utilizá-lo se for da mesma cor predominante no calção.

6- O jogador que não se apresentar devidamente equipado, camisa por dentro do calção, meias levantadas, desatendendo às exigências desta regra, será retirado da quadra de jogo, temporariamente, somente podendo retornar à disputa da partida com a autorização do árbitro e no momento em que a bola estiver fora do jogo e uma vez verificada a regularidade do equipamento. O jogador que tiver de deixar a quadra de jogo para corrigir o seu equipamento deverá fazê-lo pela zona de substituição correspondente à sua equipe.

7- Os jogadores não podem mostrar camisetas interiores com lemas ou publicidade. Os organizadores da competição devem sancionar o jogador e a arbitragem punir com cartão amarelo.

8- Os jogadores podem usar proteção durante os jogos para evitar lesões, como tornozeleiras, cocheiras, máscaras faciais, etc... Desde que não sejam perigosas para si e adversários.

9- Os goleiros poderão usar calças de abrigo sem zíper para a sua proteção e as camisas dos jogadores devem ter mangas.

10- As camisas dos goleiros de uma equipe podem ser da mesma cor das camisas dos goleiros adversários, o importante é que sejam de cores diferentes das camisas dos jogadores das duas equipes.

11- Não será permitido o uso de camisas vazadas ou numerações feitas com esparadrapos ou qualquer outro tipo de fita adesiva.



DA COMISSÃO TÉCNICA:

Os membros da comissão técnica podem permanecer no banco de reservas usando bermudas, short ou agasalhos, desde que sejam uniformes dos clubes. Não será permitido o uso de camisas sem manga, sandálias ou chinelos, nem o uso de qualquer tipo de aparelho de comunicação (rádio, telefone, etc...)



DOS ÁRBITROS:

Os árbitros usarão, obrigatoriamente, camisas de manga curta ou comprida, nas cores determinadas e aprovadas por sua entidade, além de bermudas, meias e tênis pretos.

Os árbitros utilizarão, sempre que necessário, camisas de cor distintas que os possa diferenciar com as camisas dos jogadores de linha de ambas as equipes.

Quando em baixas temperaturas, os árbitros poderão usar calça, cinto, meias e tênis ou sapatos da cor branca.

Os oficiais de arbitragem que usarem uniformes em desacordo com os previstos nesta regra, não podem usar os distintivos da FIFA e CBFS.



DOS CRONOMETRISTAS E ANOTADORES:

Os cronometrista e os anotadores usarão, obrigatoriamente, camisas de manga curta ou comprida, nas cores determinadas por sua entidade, além de bermudas ou calça, cinto, meias e tênis ou sapatos de cor preta.



DA EQUIPE DE ARBITRAGEM:

Os oficiais de arbitragem usarão na camisa, à altura do peito e no lado esquerdo, o distintivo da entidade a qual estiverem vinculados.

Os árbitros pertencentes ao quadro nacional ou internacional usarão o distintivo da entidade máxima nacional ou internacional. Os anotadores e cronometrista pertencentes ao quadro nacional usarão o distintivo da entidade máxima nacional.

As duplas de arbitragem (árbitro principal e auxiliar) e (cronometrista e anotador) usarão camisas nas mesmas cores, bermudas ou calças, em dupla ou quartetos, distintos, de acordo com o previsto em suas funções, permanecendo inalterados os demais equipamentos.



RECOMENDAÇÕES:

a) Os oficiais de arbitragem devem observar se as camisas dos jogadores possuem número na frente e nas costas.

b) Não permitir que os goleiros titulares, goleiros reservas e goleiros linha usem camisas da mesma cor das camisas dos jogadores de linha de ambas as equipes.

c) Não permitir que os jogadores usem short térmico de cor diferente da cor predominante dos calções.

d) Não permitir que os jogadores usem brincos, piercing, pulseiras, cordões, colares, anéis ou qualquer outro objeto que possa oferecer perigo aos outros jogadores e a si próprio, mesmo que protegidos por esparadrapo ou similar.

e) Quando qualquer jogador entrar em função de goleiro linha com uma camisa da mesma cor ou de cor semelhante à de sua equipe ou da equipe adversária, os árbitros devem paralisar o jogo e advertir, obrigatoriamente, com cartão amarelo, por estar indevidamente uniformizado, anulando qualquer vantagem obtida, por infringir a regra.

f) Não deixar de conferir os equipamentos de todos os jogadores antes do início da partida, no início do 2º período e durante toda partida,

g) Não permitir que os jogadores usem caneleiras que na interpretação do árbitro, não façam a devida proteção do jogador.

h) Quando na comemoração de um gol, o jogador colocar a camisa sobre a cabeça ou retirá-la do corpo, os árbitros devem adverti-lo com cartão amarelo.

i) Se o jogador colocar na cabeça ou retirar a camisa mesmo tendo outra igual por baixo, também deverá ser punido com cartão amarelo.

j) Quando qualquer jogador entrar na função de goleiro linha, não poderá usar colete, deverá usar obrigatoriamente, uma camisa de manga curta ou comprida, com o mesmo número que estava usando anteriormente.

Nos calções somente é obrigatório o uso da numeração nas partidas internacionais, mas se usar deverá ser o mesmo das camisas.



COMENTÁRIOS A REGRA:

Os árbitros devem observar se o short térmico é da mesma cor predominante do calção, se o atleta não está usando nem um objeto que ponha em risco a sua integridade física e a dos demais atletas, se isto ocorrer o atleta deve remover o objeto. Sendo o uso da caneleira obrigatório a todos os atletas, inclusive o goleiro.

Verificar os solados dos tênis, pois alguns atletas estão usando o tênis do society e o mesmo contém travas e isto não é permitido.

Conferir a camisa dos atletas, que deve ter número na frente e atrás, assim como a numeração dos atletas, às vezes existe camisas com o mesmo número, assim como a camisa do goleiro reserva, que não pode ter a mesma cor dos atletas de sua equipe, do adversário e dos árbitros, pois o mesmo pode ser chamado a intervir a qualquer momento.

Um comentário: